Notícias

Governo de Minas fecha acordo para reposição salarial dos servidores da segurança pública

Por Redação , 22/11/2019 às 13:24
atualizado em: 22/11/2019 às 13:56

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Carlos Alberto Pereira/ Imprensa MG
Carlos Alberto Pereira/ Imprensa MG

Servidores da segurança pública – policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários e do sistema socioeducativo – entraram em acordo com o Governo de Minas na manhã desta sexta-feira sobre a antecipação da reposição salarial da categoria.

Ficou decidido que o percentual será dividido em três parcelas: 13% em julho de 2020, 12% em setembro de 2021 e 12% em setembro de 2022. 

De acordo com o presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (Aspra), Eder Martins de Oliveira, o pagamento do salário de dezembro será integral no dia 13. Em janeiro, fevereiro e março os salários também serão pagos em uma parcela até o 7º dia útil. A partir de abril, o dinheiro passa a ser depositado até o 5º dia útil.

Em relação ao 13º salário deste ano, foi acordado que o pagamento será feito em três parcelas: em 21 de dezembro, 21 de janeiro e 21 de fevereiro. Caso o projeto de exploração do nióbio seja aprovado pela Assembleia Legislativa, o pagamento também será feito integralmente.

O acordo foi feito durante reunião na Cidade Administrativa, na região de Venda Nova, entre os servidores e o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy.

Leia mais:

Governo de Minas faz acordo com servidores da segurança pública e anuncia pagamentos e recomposição salarial
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link