Notícias

'Vamos acabar com imposto mais cruel, o imposto sobre folha de pagamento', diz Guedes

Por Agência Estado, 22/11/2019 às 15:34
atualizado em: 22/11/2019 às 15:54

Texto:

Foto: José Cruz/Agência Brasil
José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu nesta sexta-feira o fim dos encargos sobre a folha de pagamento de empregados. "Vamos acabar com o imposto mais cruel que existe no Brasil, o imposto sobre folha de pagamento. Você tira da informalidade. Você tem, de um lado, o ganho de produtividade do trabalho, o emprego, o salário e contribuições para a Previdência. [Se] está todo mundo empregado, todo mundo pode pagar", disse Guedes, durante discurso no Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), no Rio de Janeiro.

Durante o evento, o ministro lembrou a situação de turbulência enfrentada por países vizinhos, como Venezuela e Chile. "O caminho do partido único, o caminho do confronto social, do fechamento econômico, não é o caminho", defendeu.

Para ele, o Brasil está no caminho certo, avançando na velocidade esperada pelo governo, gerando emprego de forma mais rápida que nos últimos anos.

"Nós estamos no caminho certo e vamos melhorar. O mundo está desacelerando, nós estamos acelerando. O mundo está se fechando, nós estamos começando a abrir, depois de 40 anos fechados", disse o ministro.

Guedes complementou que a abertura da economia será gradual, acompanhada de um processo de reindustrialização, com a reintegração do Brasil às cadeias globais.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link