ALMG - SOU MINAS DEMAIS

Notícias

'Melhor a mãe dele chorar do que a minha', diz homem que cometeu homicídio em bar em BH

Por Redação, 26/11/2018 às 14:32
atualizado em: 26/11/2018 às 19:55

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

O Departamento de Homicídio de Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira Adonai Isaias de Souza Azevedo, de 24 anos, assassino confesso de um homem em um bar no bairro Jardim Vitória, na região Nordeste de Belo Horizonte. O crime foi cometido no dia 28 outubro.

De acordo com a polícia, a vítima, Edenilson de Oliveira, de 44 anos, conhecido como Tim, estava no estabelecimento quando chegaram Adonai e outro suspeito, Jorge Miguel Oliveira da Silva, o Pim Pim. Jorge entrou no local e chamou Edenilson, que foi surpreendido com diversos disparos.

À polícia, Adonai disse que cometeu o homicídio porque a vítima praticava diversos furtos na região. Um desses crimes teria sido no ferro velho em que Adonai trabalhava.

O autor disse que a vítima já tinha o ameaçado várias vezes, e que ele, Adonai, mataria qualquer um que o tentasse fazer mal. “Vem me ameaçar, falar que vai me matar, põe a mão na cintura para mim, tem dessa não. Eu mato mesmo, põe qualquer um que me ameaçar. Melhor a mãe dele chorar do que a minha, e faço qualquer hora de novo.” 

Com o suspeito a polícia apreendeu uma barra de maconha, várias buchas da mesma droga prontas para venda, um pé de maconha de cerca de 1m e uma ave silvestre.

Jorge ainda não foi localizado. Qualquer informação sobre o suspeito pode ser dada sigilosamente pelo telefone 181.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    🙏 'Quando você se entregar a mim, tudo se resolverá com tranquilidade, segundo meus desígnios. Não te desespere, nã… https://t.co/mb7mCbVEeO

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O Prêmio foi dado aos melhores conteúdos sobre superendividamento de idosos e que citaram o filme Covardia Capital, feito pela instituição.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽ Comentaristas Júnior Brasil, Cadu Doné e Léo Figueiredo ponderam que é muito cedo para gravar que o Atlético brigará na ponta.

    Acessar Link