Notícias

Clínica é suspeita de congelar animais mortos em Nova Lima para continuar recebendo por tratamento; dono é preso

Por Redação , 22/11/2019 às 13:10
atualizado em: 22/11/2019 às 15:08

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Google Maps
Google Maps

A Polícia Civil (PC) deflagrou na manhã desta sexta-feira a Operação Arca de Noé, contra maus-tratos na clínica Animed, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão. Um dos donos da clínica, Marcelo Dayrel, foi preso preventivamente, e a mulher dele, Franciele Santos, está foragida. 

De acordo com o delegado Bruno Tasca, da Delegacia de Meio Ambiente da PC, as investigações começaram após denúncias de que a clínica descartava lixo veterinário no lixo comum. Foi aberta uma ação civil pública, e várias outras irregularidades foram descobertas.

“Eram realizados diagnósticos equivocados, transfusões de sangue equivocadas. Às vezes um animal vinha para tomar banho, [fazer] uma tosa e extraía-se o sangue desse animal para transfusão em outro animal para comercialização. Medicamentos muitas vezes equivocados, vencidos, uma gama de maus-tratos”, explica Tasca.

Segundo o delegado, ficou comprovado durante as investigações que animais mortos eram guardados em freezers para que a clínica continuasse arrecadando dinheiro. “Tem estelionato, já que o proprietário da clínica induzia e mantinha as vítimas em erro, para obter uma vantagem econômica. Animais morriam e a clínica demorava para comunicar ao tutor do animal, para obter [o pagamento da] diária do animal, o tratamento que vinha sendo realizado, que na verdade não existia.”

Com os documentos apreendidos, a polícia analisará a contabilidade para apurar possíveis crimes de sonegação e lavagem de dinheiro. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link