Notícias

Palmeirenses protestam antes de jogo contra o Corinthians: 'Clássico vale vida'

Por Agência Estado , 03/08/2019 às 18:32
atualizado em: 03/08/2019 às 18:33

Texto:

O clima, pelo menos no lado de fora, não foi nada bom neste sábado na Academia de Futebol, o centro de treinamento do Palmeiras, localizado na zona oeste de São Paulo. No último dia de preparação do time alviverde antes do clássico contra o Corinthians, que será neste domingo, na casa do rival, pelo Campeonato Brasileiro, torcedores de uma organizada fizeram protesto na porta do local enquanto Felipão trabalhava em campo com os jogadores.

A manifestação da torcida foi pacífica, sem qualquer ocorrência de violência, mas o tom do protesto foi de ameaça. Os palmeirenses que foram ao local protestaram contra o técnico Felipão e a diretoria. Eles também ressaltaram a importância do clássico deste domingo, que será disputado na Arena Corinthians e é válido pela 13.ª rodada do Brasileirão.

Uma das faixas colocadas na entrada da Academia de Futebol dizia: "Ninguém morreu ainda". Outras afirmavam que o "clássico vale vida" e questionava "Felipão dono do Verdão?". Torcedores também cantaram músicas contra o treinador do Palmeiras e alguns jogadores.

"Felipão, vai se f***, se não ganhar amanhã, é vc quem vai morrer" foi um dos gritos da torcida organizada no protesto deste sábado. Uma carta divulgada pela Mancha Verde critica Felipão e o planejamento da diretoria comandada pelo presidente Mauricio Galiotte e pelo diretor de futebol Alexandre Mattos. As contratações de Ricardo Goulart, Carlos Eduardo e Henrique Dourado causaram reclamações.

Após a eliminação contra o Internacional, há cerca de 10 dias, em Porto Alegre, nas quartas de final da Copa do Brasil, Felipão minimizou a derrota afirmando que ninguém havia morrido. Antes deste sábado, a torcida organizada do Palmeiras já havia protestado em Fortaleza, antes da partida contra o Ceará, e em Mendoza, na Argentina, antes do primeiro jogo contra o Godoy Cruz, pelas oitavas da Copa Libertadores.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link