Auto Truck CPM Interno

Notícias

No Engenhão, Vasco tenta superar o favoritismo do Flamengo na final do Campeonato Carioca

Por Agência Estado, 14/04/2019 às 13:18
atualizado em: 14/04/2019 às 13:26

Texto:

Flamengo e Vasco entram em campo, neste domingo, no Engenhão, às 16 horas, para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca com missões diferentes. Enquanto o time da Gávea tem a obrigação de conquistar o título, a equipe de São Januário tenta surpreender com um time formado às pressas, mas que faz campanha irretocável.

Com um elenco de estrelas, o Flamengo planeja ganhar o Estadual como um início de um ano histórico, em que sonha conquistar o título brasileiro, que não leva há uma década, além da Libertadores e Mundial, conquistados há quase 40 anos.

O técnico Abel Braga, porém, tem dores de cabeça para escalar o time. São várias opções para poucos lugares no time, a ponto de esconder principalmente a formação do meio de campo, onde Everton Ribeiro, Diego Ribas e Arrascaeta brigam por dois lugares. 

O time ganhou moral após a goleada espetacular de quinta-feira, no Maracanã, sobre o San José, da Bolívia, por 6 a 1, com grande atuação do meia uruguaio, quando recebeu uma rara chance como titular. 

O Vasco chega para a final como o "primo pobre". Ao contrário do rival, a equipe luta fora de campo para manter as finanças em dia, além de precisar lidar com cobranças do elenco, que se reuniu com a diretoria para cobrar um acerto. 

A diretoria vascaína pagou na sexta-feira o 13º salário referente a 2018 para jogadores e funcionários. Com isso, regularizou a situação na gestão do presidente Alexandre Campello. Os atletas que estão no clube desde janeiro de 2018 estão com os vencimentos em dia - as pendências restantes são do último mandato de Eurico Miranda: dezembro e 13º de 2017.

A atual diretoria pagou 17 folhas salariais em 14 meses de mandato, duas delas nesta semana, pois quitou na quarta-feira os salários de fevereiro. O mês de março vence no dia 20 de abril, conforme acordo entre clube e empregados.

Se fora de campo a situação se tranquilizou, dentro a equipe se superou ao ganhar a Taça Guanabara e deixar escapar o título da Taça Rio, diante do próprio Flamengo no pênaltis, após sofrer o gol de empate nos acréscimos no tempo normal.

O técnico Alberto Valentim tem dois problemas para colocar em campo seu time ideal. O zagueiro Leandro Castán tem uma lesão na coxa esquerda, enquanto Rossi sofre com dores musculares na coxa direita. Se o Flamengo aposta na experiência de seus jogadores, o Vasco tem como trunfo a vontade de garotos como Marrony e Thiago Reis, que acumulam boas partidas na temporada. 

JUSTIÇA - Pouca depois de o governo do Estado do Rio ter repassado a administração do Maracanã para Flamengo e Fluminense o Vasco entrou na Justiça nesta sexta-feira com um pedido de mandado de segurança para tentar anular a decisão. A ação diz que o acordo firmado no Palácio Guanabara, sede do Governo, é um ato abusivo e ilegal. O pedido vai ser analisado pela terceira vara da Fazenda Pública, juíza Mirela Esbisti. E o time cruzmaltino também decidiu mandar a primeira final do Carioca no Engenhão. 

HISTÓRIA - O Flamengo é o maior ganhador de títulos cariocas. No total, soma 34 taças e mais 31 vices. O Vasco tem 24 conquistas, além de 25 segundos lugares. Entre eles, está o Fluminense, que soma 31 títulos.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link