PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Mattos garante que Felipão fica e defende o planejamento do Palmeiras para 2019

Por Agência Estado, 29/08/2019 às 16:21
atualizado em: 29/08/2019 às 16:22

Texto:

A diretoria do Palmeiras convocou nesta quinta-feira uma entrevista coletiva de última hora para a Academia de Futebol, em São Paulo. Apesar de o encontro com os jornalistas não estar programado, o diretor de futebol Alexandre Mattos e o técnico Luiz Felipe Scolari garantiram que não haverá mudança no comando da equipe após a queda na Copa Libertadores e defenderam o planejamento realizado para o clube nesta temporada.

"O Felipe é o nosso treinador. Tem contrato conosco. Não passou na cabeça dele nem na nossa de fazer alguma troca. Nós vamos prosseguir", disse Mattos ao abrir a entrevista. O dirigente pediu desculpas à torcida pela derrota por 2 a 1 diante do Grêmio, na última terça-feira, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e classificou o revés como um dos resultados mais difíceis que já teve na carreira. "Sem dúvida alguma foi a derrota mais dolorosa de todas. Eu sou profissional de vestir a camisa e amo minha profissão e estar no Palmeiras", comentou.

O dirigente, ao lado de Felipão, evitou citar erros no planejamento da equipe para a temporada e cobrou foco na disputa do restante do Campeonato Brasileiro. "Nosso objetivo é ser protagonista. Só um consegue ser campeão. Óbvio que você foca nas competições. Quando não ganha é porque faltou alguma coisa. Temos de aprender e melhorar para o ano que vem para ser protagonista e, quem sabe, ser campeão" afirmou Mattos.

O diretor do Palmeiras pediu para a torcida ter paciência com a utilização de alguns dos reforços trazidos para 2019. Jogadores como Matheus Fernandes e Arthur Cabral chegaram à equipe em janeiro e não tiveram sequência no time na temporada. Na opinião do dirigente, o clube apostou em jovens, como esses atletas, para prepará-los para as temporadas seguintes.

Para Mattos, o Palmeiras recebe cobranças excessivas da torcida e de parte da imprensa. "Estamos pensando no projeto de presente e futuro, mas agora vem a falta de paciência. A grande maioria dos críticos diz que nós temos o melhor elenco do Brasil, mas agora na hora de perder ninguém presta. Nós respeitamos o manifesto do torcedor. Eu tenho respeito por eles todos, sou bem recebido nas ruas e nas organizadas e vou continuar respeitando", comentou.

Por fim, o diretor de futebol rebateu as acusações recebidas pela torcida organizada Mancha Alviverde. Em nota no Facebook, a agremiação criticou a gestão de Mattos e apontou possíveis irregularidades financeiras. "Tenho respeito muito grande pelos que conheço e sei quem até escreveu a nota. O sofrimento fica mais pela família que viu tudo aquilo, mas minha vida é limpa. Estou aqui porque minha vida é limpa e mantenho caráter. É a família que sofre ao ler aquilo", disse.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link