DIGI+ Campeão Mineiro - Internas

Notícias

Justiça determina a penhora de 20% do salário do prefeito de BH, Alexandre Kalil

Por Redação, 18/05/2019 às 17:05
atualizado em: 18/05/2019 às 17:06

Texto:

Foto: Amira Hissa/Divulgação PBH
Amira Hissa/Divulgação PBH

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, pode ter 20% do salário penhorado pela Justiça. A decisão é da 2ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que determinou o bloqueio devido a uma dívida da empresa do prefeito, a Erkal Engenharia, com a Ipiranga Asfaltos.

A ação tramita desde 2002 na justiça, mas o valor da dívida não foi informado. Atualmente, Kalil recebe cerca de R$ 31 mil por mês como prefeito de BH.

De acordo com o texto da decisão judicial, "Kalil possui capacidade financeira para arcar com o pagamento dos valores devidos”. 

Para solicitar a penhora de parte dos vencimentos de Kalil, o juiz levou em conta a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, que recentemente bloqueou 30% do salário de uma ministra, que tem salário semelhante.

Em resposta ao portal G1, Kalil afirmou que é avalista da empresa nesta negociação e que não tem constrangimento em falar sobre o assunto. O prefeito da capital mineira disse ainda que se a Justiça determinar o corte de 20% do seu salário, ele vai tentar desbloquear a penhora, mas que vai cumprir o que for decidido.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️Maior artilheira das Copas do Mundo, Marta celebra feito: 'Dedico às mulheres' - https://t.co/dtbIESsgG7 https://t.co/FTnrKeoxRx

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Atacante de velocidade atua pelos lados de campo

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽ Nesta Copa, a camisa 10 da seleção brasileira entra em campo sem nenhum patrocínio de material esportivo, e não se trata de frescura ou mimimi.

    Acessar Link