Notícias

Governo de Minas fecha acordo para reposição salarial dos servidores da segurança pública

Por Redação , 22/11/2019 às 13:24
atualizado em: 22/11/2019 às 13:56

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Carlos Alberto Pereira/ Imprensa MG
Carlos Alberto Pereira/ Imprensa MG

Servidores da segurança pública – policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários e do sistema socioeducativo – entraram em acordo com o Governo de Minas na manhã desta sexta-feira sobre a antecipação da reposição salarial da categoria.

Ficou decidido que o percentual será dividido em três parcelas: 13% em julho de 2020, 12% em setembro de 2021 e 12% em setembro de 2022. 

De acordo com o presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (Aspra), Eder Martins de Oliveira, o pagamento do salário de dezembro será integral no dia 13. Em janeiro, fevereiro e março os salários também serão pagos em uma parcela até o 7º dia útil. A partir de abril, o dinheiro passa a ser depositado até o 5º dia útil.

Em relação ao 13º salário deste ano, foi acordado que o pagamento será feito em três parcelas: em 21 de dezembro, 21 de janeiro e 21 de fevereiro. Caso o projeto de exploração do nióbio seja aprovado pela Assembleia Legislativa, o pagamento também será feito integralmente.

O acordo foi feito durante reunião na Cidade Administrativa, na região de Venda Nova, entre os servidores e o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy.

Leia mais:

Governo de Minas faz acordo com servidores da segurança pública e anuncia pagamentos e recomposição salarial
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link