Notícias

Envolvidos em rompimento de barragem em Brumadinho se apresentam à polícia

Por Redação, 14/03/2019 às 15:24
atualizado em: 14/03/2019 às 15:58

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Depois da decisão da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que revogou a liberdade de 11 funcionários da Vale e dois engenheiros da consultoria alemã Tüv Süd, os investigados se entregaram na manhã desta quinta-feira ao Departamento Estadual de Investigações de Crimes Contra o Meio Ambiente da Polícia Civil de Minas Gerais, no bairro Funcionários, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. 

Todos já haviam sido presos depois do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, no dia 25 de janeiro, mas estavam soltos por recurso de habeas corpus. Segundo a justiça, a decisão foi tomada para as investigações não sejam atrapalhadas. 

Em princípio, os homens ficarão na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, e as mulheres na Penitenciária Estevão Pinto, na capital mineira. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Economia de R$ 10 bi, reestruturação, reajuste e adicionais; confira pontos da reforma dos militares… https://t.co/wysy1ksbIY

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Proposta prevê ainda o aumento do tempo mínimo de atividade para a aposentadoria dos atuais 30 anos para 35 anos, para os novos ingressantes nas Forças Armadas

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Hoje, apenas ativos e inativos pagam uma alíquota de 7,5%. Os demais não recolhem para o pagamento de suas aposentadorias.

    Acessar Link