Notícias

Cruzeiro é goleado pelo Fluminense e completa o quarto jogo sem vencer no ano

Por Redação, 18/05/2019 às 19:54
atualizado em: 18/05/2019 às 20:09

Texto:

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

A solidez defensiva do Cruzeiro, marca do técnico Mano Menezes, foi por água abaixo na noite deste sábado, no Maracanã. A equipe celeste cometeu erros atrás e foi goleado por 4 a 1 pelo Fluminense, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Cruzeiro chegou a fazer um jogo mais equilibrado do que na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, quando foi dominado pelo Fluminense e finalizou apenas uma vez para o gol. Mas a atuação um pouco melhor não foi suficiente para o time evitar a derrota.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou ao quarto jogo consecutivo sem vencer na temporada: Emelec-EQU (2 a 1), Internacional (3 a 1), Fluminense (1 a 1 e 4 a 1).

O zagueiro Nino abriu o placar para o Fluminense, aos 44 minutos do primeiro tempo. Após escanteio, o defensor subiu e ganhou no alto de Henrique cabeceando no canto de Rafael, que se esticou, mas não evitou o gol.

A equipe carioca ampliou antes do primeiro minuto da etapa final com Luciano. Após bate-rebate na área, a zaga do Cruzeiro não conseguiu afastar o perigo e o atacante do Fluminense foi mais esperto e completou para as redes.

O Cruzeiro diminuiu logo em seguida. Aos quatro minutos, Robinho pegou rebote da defesa parcial do goleiro Agenor e acertou uma bomba estufando as redes.

A Raposa tentou uma reação em busca do empate e chegou a ter um pênalti assinalado pelo árbitro do goleiro em cima de Fred, mas o auxiliar marcou impedimento do camisa 9 celeste e anulou a penalidade máxima.

Faltando dez minutos para o fim do jogo, o Fluminense fez o terceiro. Marcos Paulo recebeu na direita e cruzou à meia altura para João Pedro, que marcou o gol de empate na quarta-feira, apareceu entre os zagueiros do Cruzeiro e desviou para as redes.

Nos acréscimos, de novo João Pedro. O atacante driblou os marcadores celestes com grande facilidade, invadiu a área e bateu na saída de Rafael.

Reclamação

O Cruzeiro reclamou de uma falta quase na linha da grande área logo no começo do jogo. Aos sete minutos, Pedro Rocha foi lançado em velocidade e caiu quando iria invadir a área do Fluminense. Além da infração, os jogadores celestes pediam a expulsão do lateral-direito Gilberto, mas o árbitro Flávio Rodrigues de Souza ignorou os pedidos. Nem mesmo o VAR, operado por Heber Roberto Lopes, interferiu e não chamou o juiz para revisar o lance.

Desfalque

A equipe celeste ainda teve uma baixa durante a partida. O lateral-direito Orejuela deixou o campo sentindo dores na perna esquerda. O departamento médico do Cruzeiro informou que o colombiano torceu o joelho esquerdo.

Agora, o Cruzeiro terá uma semana cheia para descansar da maratona de jogos e para treinar visando ao próximo compromisso, contra a Chapecoense, no domingo (26), às 19h, no Mineirão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Já o Fluminense volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h30, para enfrentar o Atlético Nacional-COL, no Maracanã, pelo duelo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Fluminense 4 x 1 Cruzeiro

Fluminense: Agenor; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan, Daniel (Igor Julião), Ganso e Léo Artur (João Pedro); Luciano (Marcos Paulo) e Yony González. Técnico: Fernando Diniz

Cruzeiro: Rafael; Orejuela (Marquinhos Gabriel), Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho (David) e Pedro Rocha; Fred (Sassá). Técnico: Mano Menezes

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 18 de maio de 2019, sábado, às 18h
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Gols: Nino (44’/1º), Luciano (1’/2º), Robinho (4’/2º), João Pedro (35’/2º e 49’/2º)

Cartão Amarelo: Rodriguinho, Pedro Rocha (Cruzeiro); Allan, Luciano (Fluminense)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link