Notícias

Brumadinho: testemunhas arroladas pelo MP serão ouvidas nesta terça pela Justiça  

Por Redação/TJMG , 20/08/2019 às 08:14
atualizado em: 20/08/2019 às 08:15

Texto:

Foto: Reprodução
Reprodução

Mais três testemunhas arroladas pelo Ministério Público de Minas Gerais no processo que apura os danos causados pela Vale com o rompimento da barragem de rejeitos da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Grande BH, serão ouvidas nesta terça-feira.

A audiência será realizada pelo juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias da capital, Elton Pupo Nogueira.

Também será assinado termo de cooperação técnica elaborado por membros do Comitê Técnico Científico da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A universidade vai produzir pesquisas sobre as consequências do rompimento e propor soluções para os problemas encontrados.

No dia 26 de setembro, serão ouvidas outras nove pessoas. Essas audiências se referem à apuração do dano ambiental.  
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link