PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Atlético para no travessão, empata com Goiás no Serra Dourada e volta ao G4 do Brasileiro

Por Fábio Rocha, 28/07/2019 às 21:02
atualizado em: 28/07/2019 às 22:05

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Por muito pouco o Atlético não saiu de Goiânia com a vitória, neste domingo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time alvinegro acertou o travessão – a bola ainda quicou em cima da linha, mas não entrou –, não tirou o zero do placar e ficou no empate em 0 a 0 com o Goiás, no Serra Dourada.

Mesmo com o Atlético tendo um compromisso importante na quarta-feira diante do Botafogo, pelo duelo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o técnico Rodrigo Santana mandou a campo uma formação praticamente titular – somente Jair e Ricardo Oliveira não atuaram – com o objetivo de manter a equipe na perseguição aos primeiros colocados. A vitória não veio, mas manteve o Galo no G4.

Com o resultado, o Atlético voltou para a quarta colocação, com 21 pontos, após ser ultrapassado no início da rodada por São Paulo e Internacional. O Galo tem a mesma pontuação do Tricolor Paulista (quinto lugar), mas está à frente pelo número de vitórias: seis contra cinco. Já o Goiás segue na nona posição, com 17 pontos.

Agora, o Atlético se concentra para o duelo decisivo contra o Botafogo, quarta-feira, às 21h30, no Independência, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Como venceu o jogo de ida por 1 a 0, no Engenhão, o Galo precisa apenas de um empate para avançar às quartas de final.

Pelo Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso do Atlético será o clássico contra o Cruzeiro, domingo, às 19h, no Independência. No mesmo dia, às 11h, o Goiás visita o líder Santos, na Vila Belmiro.

O jogo

No primeiro tempo, o Atlético teve o domínio do jogo, mas pouco ameaçou o gol do Goiás. O time alvinegro encontrou dificuldades para atacar, pois o meio-campo mostrava lentidão para fazer a transição da defesa para o setor ofensivo. E a primeira boa chance do Galo só aconteceu aos 30 minutos, quando Chará recebeu a bola pelo lado direito da área e bateu cruzado rente à trave.

Se o Atlético não incomodava, o Goiás também não fazia muito esforço para atacar e só chegou com perigo em um chute de longe de Daniel Guedes, aos 33 minutos. Mas a bola não foi em direção ao gol e passou por cima.

Na etapa final, o Goiás melhorou na partida e deu mais trabalho para o goleiro Cleiton. Michael invadiu a área do Atlético passando por três marcadores, tocou para Leandro Barcia, que ajeitou para Kayke, mas a defesa atleticana conseguiu travar o chute.

Pouco depois, Kayke desviou cruzamento e obrigou o goleiro alvinegro a fazer boa defesa.

Geuvânio e Luan entraram no Atlético nas vagas de Otero e Vinícius, respectivamente. O Galo melhorou e quase abriu o placar, aos 25 minutos. Após boa jogada de Chará, o colombiano invadiu a área e tocou para Alerrandro. O atacante emendou para o gol, a bola explodiu no travessão e quicou em cima da linha, mas não entrou.

O Goiás respondeu na sequência. Leandro Barcia recebeu livre na área, mas chutou por cima. Nos acréscimos, o time esmeraldino teve outra chance para sair com a vitória. Michael recebeu pelo lado, entrou na área e soltou a bomba rente à trave de Cleiton.

Goiás 0 x 0 Atlético

Goiás: Tadeu; Daniel Guedes, Yago, Rafael Vaz e Jefferson; Geovane, Léo Sena (Yago Felipe) e Marlone (Giovanni Augusto); Michael, Kayke (Rafael Moura) e Leandro Barcia. Técnico: Claudinei Oliveira

Atlético: Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Lucas Hernández; Ramón Martínez; Chará, Elias, Vinícius (Luan) e Otero (Geuvânio); Alerrandro (Papagaio). Técnico: Rodrigo Santana

Motivo: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 28 de julho de 2019, domingo, às 19h
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Cartão Amarelo: Yago Felipe (Goiás)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Anderson josé de Moraes Coelho (CBF-SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF-SP)

Público: 8.410 pagantes / 10.439 presentes
Renda: R$ 176.890,00

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link