José Lino Souza Barros

Coluna do José Lino Souza Barros

Veja todas as colunas

Crônica de agosto

Do jornalista e escritor Cícero Alvernaz

01/08/2019 às 11:17
Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Dizem que agosto é um mês perigoso, fatídico e complicado. Agosto, para muitos, representa azar, maus negócios, maus presságios - e exige certos cuidados no seu dia a dia. Segundo os supersticiosos, é melhor não brincar com este mês, sob pena de depois se arrepender. Respeito essas opiniões, mas não posso concordar com elas.

Prefiro ver as coisas por outro prisma. Se eu ficar preocupado com o que dizem em relação a um mês ou a algo do dia a dia, provavelmente vou criar bloqueios em relação a isto. Esse medo pode se transformar em paranóia e até resultar em doença psicológica de efeitos graves. É melhor ouvir e levar na brincadeira certos costumes que, na verdade, apenas fazem parte do folclore. (...)

Dizem que agosto é o mês do azar e durante este mês não se deve casar e se deve evitar fazer negócios, viagens e afins. Tem gente que muda completamente os seus hábitos durante este mês. Evitam vestir roupas de determinadas cores, evitam fazer certos gestos e a ir a determinados lugares. O dia treze de agosto é um dia especial. Se cair numa sexta feira então é preciso redobrar os cuidados. Ainda bem que este ano o dia treze de agosto não cai numa sexta feira! (...)

Agosto tem trinta e um dias - e o que devemos fazer é trabalhar e torcer para que sejam dias felizes, prósperos e abençoados. Que possamos viajar, passear e sorrir muito durante este mês. (...) Agosto é um mês que pode marcar positivamente a vida de qualquer pessoa. E espero que isto, efetivamente, aconteça comigo e com você.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link