Gustavo Lopes

Coluna do Gustavo Lopes

Veja todas as colunas

Patrocinador pode gerar punição a Wayne Rooney 

12/08/2019 às 11:27

 

Rooney, que participou das Copas de 2006, 2010 e 2014, assinou contrato com o Derby County e irá disputar a segunda divisão inglesa.

Sem dúvidas, a presença do maior artilheiro do Manchester United e quinto da Seleção Inglesa na segunda divisão traz grande publicidade.

A contratação foi viabilizada pelo patrocinador do clube, a casa de aposta 32 Reds que garante ao atleta 90.000 libras semanais, cinco vezes o salário médio rs segunda divisão.

Ocorre que Rooney deve usar a camisa número 32, o que pode ser entendido pela Federação Inglesa como violação às suas normas  que proíbem mais que 100 centímetros cuadrados de área publicitaria na camiseta para qualquer patrocinador.

A Federação Inglesa pode entender que dar a Wayne Rooney o número 32 pode significar marketing indireto passível de punição com multa ou até mesmo suspensão.

Em caso semelhante, na Copa de 94, o goleiro brasileiro Taffarel Ao receber a taça de campeão, o trocou as luvas que usava por outra com publicidade fora das regras e foi punido pela Fifa com uma multa de 15 mil dólares e suspensão por dois jogos.

Na Inglaterra, inclusive, Richard Carbon, ex ministro de esportes e Rosena Allin-Khan, atual ministra, criticaram a decisão Derby County e disseram esperar o cumprimento das normas.

A verdade é que a sacada da Red 32 foi incrível e já está gerando publicidade espontânea. Resta saber de Rooney e o Derby Conty levarão arriscarão levar a ideia adiante.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link