Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Andrade Gutierrez, orgulho ou vergonha?

13/11/2019 às 12:08

Existem empresas que são símbolos de suas cidades, de seus países. Há algumas décadas, Minas Gerais tinha muito orgulho de abrigar duas das maiores construtoras do Brasil, com obras gigantescas aqui e em todos os cantos do mundo. Lembro-me perfeitamente das madrugadas da Itatiaia na década de 70 quando o comunicador Edson Andrade inovou ao fazer o comercial tão esperado pelos desempregados. Dizia ele: “Seja um peão internacional; a Mendes Júnior leva você para o Iraque”. Essa empresa era um orgulho. Havia outra, a Andrade Gutierrez. Éramos tão fortes na abertura das estradas, dos metrôs, usinas, enfim na construção pesada que nossos políticos controlavam o Ministério dos Transportes e seu braço executor - Departamento Nacional de Estradas de Rodagem.

Os dirigentes dessas empresas tomavam conta das páginas da alta sociedade mineira até que os escândalos chegaram. Já no primeiro, entre os mais famosos – os anões do orçamento – as construtoras apareceram... E, desde então, todo dia a gente tem de escutar notícia ruim envolvendo as nossas outrora poderosas construtoras. A Andrade Gutierrez então é um festival de horror. Duas famílias tradicionais, a Andrade e a Gutierrez devem ter uma vergonha...

Agora, depois dos anões, do mensalão mineiro, do mensalão tucano, da Lava Jato, a Andrade Gutierrez é acusada pelo prefeito de Betim de estar cobrando uma dívida indevida, com fraudes em documentos. E o vereador de Belo Horizonte, Mateus Simões, quer apuração rigorosa em Belo Horizonte, quem sabe com uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Ele não acusa, por enquanto; mas, quer saber se o pagamento de 1,7 bilhões, relativos a restos a pagar na década de 80 está certo. 

Mateus vê uma série de indícios que apontam para a fraude, em um “modos operandi” parecido com o utilizado em Betim. Naquela cidade, há acusação de cobrança indevida, com documentos falsos, conforme laudo recentemente apresentado pela prefeitura. 

Não vamos aqui entrar em detalhes, mas, pense comigo, caro leitor: por tudo o que você ouviu nas últimas décadas sobre a Construtora Andrade Gutierrez e suas relações com os políticos, o Mateus tem ou não razão para estar com quinhentas pulgas atrás da orelha?

Outra coisa: será que os descendentes não deviam vir a público para uma conversa séria a fim de restabelecer a honra dos fundadores, aqueles que mereciam o respeito dos mineiros?

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link